Publicado na Pagina da APCD - 11 de janeiro, 2004
http://www.apcd.com.br/dtq.asp?path=DESTAQUES&id=356

ORTOPEDIA E ORTODONTIA NA ERA DA INFORMÁTICA

LAURO ROBERTO OLIVEIRA RANGEL

Estamos vivendo a era maravilhosa dos computadores, tudo está sendo programado no nosso dia-a-dia e não demorou muito para eles chegarem na Odontologia.

Mediante uma telerradiografia (radiografia lateral da cabeça) na escala normal ou seja, de 1/1 onde a imagem lateral do crânio e face é projetada em verdadeira grandeza, com pequenos e desprezíveis desvios esses dados gráficos são armazenados no computador que vai fazer uma análise de todos os dados individuais, ou seja ângulos, distâncias, etc e comparar as medidas normais com os desvios individuais de cada paciente.

Até a classificação do tipo facial é feita, como no traçado da terapia bioprogessiva ou filosofia de Richetts onde os tipos faciais são classificados em:
1- dolicofaciais
2- mesofaciais
3- braquifaciais

Para demonstrar facilmente como se apresentam esses três tipos faciais podemos dizer: Dolicofacial (Caetano Veloso) Mesofacial (Tarcísio Meira) e Braquifacial (Vera Fischer).
Assim o leitor tem uma idéia imaginando a fisionomia desses artistas.

Nós dentistas, temos certas vantagens com isso, pois podemos fazer um planejamento bem orientado com previsão de movimentação dos dentes (ortodontia); ortopedia (interfere nos ossos e anexos dependendo da idade) e determinação do perfil ideal, 2 anos antes do tratamento que conseguiremos 2 anos depois;.(VTO- OBJETIVO VISUAL DE TRATAMENTO) é como um engenheiro fazendo a planta de uma casa.

Nessa técnica, chamada de Bioprogessiva, os arcos são segmentados ou seja não são contínuos, para dar oportunidade de um crescimento mais livre. E o tratamento é iniciado aos 8 anos e meio; nas meninas considera-se o crescimento ósseo até os 13 anos e meio (aparecimento da menarca), quando considera-se pela metade o crescimento ósseo e nos meninos até os 15 anos,quando o crescimento ósseo também cessa pela metade (A idade óssea nem sempre coincide com a idade cronológica). Na idade de 8 anos e meio já sabemos se o 3º molar tem espaço para nascer ou se precisa ou não ser extraído, pois como sabemos eles ficam presos no osso inclinados e retidos no dente mais próximo que é o 2º molar, nos pacientes adultos.

Nós, dentistas, sabemos como são difíceis as extrações do dente do siso.

Devemos orientar os pais com relação à idade de começar o tratamento e todas as medidas para se evitar o problema da ma posição dos dentes, devem ser adotadas o mais cedo possível a começar pela chupeta que deve ser a ortopédica. Até a amamentação influi nesses casos, pois já sabemos que a amamentação no seio materno, além de trazer os benefícios que já conhecemos para a saúde geral também está ligada à deglutição da criança. Quando a amamentação é artificial é comum haver a indesejável deglutição atípica que tantos problemas traz para os dentistas e fonoaudiólogas. Existem muitos segredos na deglutição, é um campo pouco pesquisado, mas nela há uma galáxia desconhecida.

A vantagem de iniciar o tratamento na fase de crescimento é poder usar a ortopedia que interfere nos ossos e anexos da face, com o uso de arcos extra-orais e aparelhos ortopédicos móveis.

A ortodontia é a movimentação dos dentes para leva-los ao lugar ideal, para melhorar a fonação, a função e a estética.

Por que surgem problemas de má posição nos dentes?

As causas são várias:
1- Genética (são herdados)
2- Extrações prematuras
3- Macroglosia (crescimento exagerado da língua)
4- Deglutição atípica
5- Respirador Bucal (adenóides), etc.

Simplificando a herança, o filho herda do pai dentes grandes e da mãe a arcada dentária pequena, o final é uma falta de espaço para todos os dentes e o "Teclado do piano" fica uma tecla para cima e outra para baixo.
A arcada superior e a arcada inferior ficam numa situação como uma caixa com tampa. Às vezes a tampa esta muito para a frente e para faze-la coincidir, precisamos as vezes extrair 4 pre-molares (2 superiores e 2 inferiores). O ideal é não extrair.
Eis a grande vantagem que o computador nos dá, pois ele nos auxilia na previam e planejamento do crescimento ósseo e o traçado do perfil ideal (V.T.O) que significa Objetivo visual de Tratamento.

LAURO ROBERTO OLIVEIRA RANGEL Cirurgião -Dentista CRO 8388 SÃO
José dos Campos S.P.
Fonte: Terapia Bioprogressiva de Richetts.