CRESCIMENTO CRÂNIO FÁCIL -  ESTUDO NO BURLINGON GROWTH CENTRE
 
 

Cléber Bidegain Pereira

Perdoem-me por falar de mim. Por favor, não esmoreçam, há importantes informações a seguir.
No meu aprendizado da ortodontia, dediquei a primeira década para a cefalometria; a segunda, à antropologia; a terceira, ao estudo do crescimento e, a quarta, à informática aplicada à ortodontia. Isto ocorreu sem fronteiras delimitadas, sem exclusividade e sem planejamento.  Acontecimentos ditados pelas necessidades ou ajuda de Deus. A quinta década resolvi que deveria ser planejada.  Determinei que faria uma revisão geral em todos esses estudos. Só agora, na metade desta quinta década, consegui voltar à minha pesquisa no material do Burlington. Confesso que estou vibrando de entusiasmo e quero compartilhar isto com vocês.
A referida pesquisa foi colhida na Universidade de Toronto,  no  estudo  longitudinal   do  Burlington  Growth   Center  1, 2, onde, Hilde e eu,  selecionamos diagramas cefalométricos ( frente e perfil ), xerox oclusais de modelos  e relatórios clínicos  de  52 indivíduos, nas idades de 3, 6, 9, 12 e 20 anos, com oclusão  normal e sem tratamento ortodôntico  3.
O material é realmente fascinante, pois nestas oclusões normais encontram-se diferentes balances esqueléticos, inclusive um com SN-GoGn de  460     4. Mostra também, muitos casos em que o ângulo SNA diminui com o crescimento  5.  Há, realmente, ai uma inesgotável fonte de descobrimentos.
É oportuno ressaltar que os estudos longitudinais, sobre crescimento crânio-faciais, como este do Burlington, são raros e dificilmente se farão outros com esta sistemática. Os estudos transversais, que são muito comuns na literatura, não têm o mesmo valor 6.
 

  Uma comprovação da extraordinária 
capacidade de adaptação do processo 
alveolar. 
 Caso 1381  

 Plasticidade alveolar 

 

Estes dados estavam cadastrados em programa para o Prológica CP-500, com o qual eu trabalhava na época. Com o advento dos PCs, o sistema ficou desatualizado. E assim, estagnado durante alguns anos. Agora foi redigitalizado e colocado no Programa Excel, da Microsoft,  que se presta maravilhosamente para isto. Os dados podem ser colhidos das mais variadas maneiras, com estatísticas e tudo o mais. Sendo que, com facilidade, podem ser incluídas novas fórmulas e índices para a pesquisa de outras relações de interesse do investigador. Coloco este material à disposição da comunidade científica ortodôntica, sem ônus, para que sejam realizados trabalhos com estes valiosos dados. Para encontrá-los, procurem   na homepage do Cléber, SPO  ou em < http://www.ortodontia.com.br/cleber/burling.html  > 7 (*).
Peço que me informem sobre os estudos que forem realizados, com estes dados, a fim de que eu tenha conhecimento e, também,  possa informar ao Burlington Growth Centre. O Burlington gosta de ter uma relação atualizada dos trabalhos realizados em cima desta matéria.  Prontifico-me a ajudar no que estiver em mim e estarei pronto para divulgar, com direitos autorais garantidos, nas homepages da SPO e ORTODONTIA. Também o Burlington encoraja e ajuda na publicação de trabalhos que sejam feitos com este material.
 
 
 

(*) Nos primeiros dias do ano 2000, uma fulgurante estrela, no mundo da informática, iniciou a brilhar na área da Ortodontia e Ortopedia Facial. A        <http://www.ortodontia.com.br >. Ela levará para vocês um imenso acervo de informações; e-mail e homepage gratuitas; tudo sobre o Congresso 2.002 da SPO;  meios de fáceis de pesquisa, com  grande abrangência e muito, muito mais...
 



 

1 - < http://www.cleber.com.br/popovich.html > Apresentação do material  

2 - < http://www.cleber.com.br/burling6.html > Trabalho original  

3 - < http://www.cleber.com.br/burling2.html > Estudo Cléber Hilde 

4 - < http://www.cleber.com.br/plastici.html > Plasticidade alveolar 

5 - < http://www.cleber.com.br/anguloanb.html > SNA diminuindo com o crescimento 

6 -  Dados estatísticos X  Dados individuais 
 

 7 - < http://www.cleber.com.br/burlin.html > Informações gerais sobre o estud