TRANSCRITO DE ABRIL LANCER
Com votos de sucesso em 2002
 
 
 
A ortodontia contemporânea aceita a instabilidade no pós tratamento ortodôntico. Embora alguns casos permaneçam iguais, a imensa maioria mostra alterações no posicionamento dentário com o passar do tempo.  Algumas destas alterações são recidivas ( tendência do dente de voltar à sua posição original), mas muitas são inerentes à maturidade e ao envelhecimento da face.  A mais frequente é o apinhamento dos dentes inferiores. Devido sua alta prevalência, isto poderia ser considerado normal para os humanos, como característica de envelhecimento.

Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Fillho
 


Comentário Cléber:
Ainda que Prof. Capelozza, por justo merecimento, tenha o reconhecimento de toda a comunidade ortodôntica, inclusive o meu maior respeito e admiração, a afirmação acima com algumas verdades irrefrutáveis, sucinta dúvidas: em recidivas, além da "tendência do dente de voltar à sua posição original"   deveriam ser incluídas, no meu entender, aqueles casos de mau planejamento.
O caso apresentado como exemplo deixa dúvidas, para uma análise mais meticulosa, se é uma "ruga dentária" ou uma recidiva por expansão indevida.

 
                       Contenção para sempre - março 2000