CEM ANOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL
DO RIO GRANDE DO SUL
HISTÓRIA

Criada em 10 de outubro de 1898, conforme proposta do Dr. Henrique Riedel a Faculdade de Odontologia teve seu funcionamento inicial numa sala do porão do antigo Liceu, hoje Colégio Sevigné. Vinculada ao curso de Medicina, foi reconhecida pelo governo federal em 1 de setembro de 1.900, quando foi jubilado o primeiro e único aluno da turma. Dr. Abílio Beernadino Fuão.  
Em razão do desinteresse pelo estudo oficial da odontologia no Rio Grande do Sul, o curso foi fechado em 1922 e reaberto somente em 1932, decorrente de uma campanha junto ao Dr. Belizário Pena, Ministro da Educação do Governo Getúlio Vargas.  
Em 25 dezembro de 1949, através da Lei N 1021, passou a condição de unidade integrante da então Universidade de Porto Alegre, ainda sob dependência administrativa da Faculdade de Medicina. 
A tão desejada autonomia efetivou-se em 1952, pelo Decreto N  30.943,  quando a Faculdade de Odontologia foi incluída como estabelecimento autônomo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, recentemente federalizada.  Na mesma ocasião o Reitor Alexandre Martins da Rosa designou o Prof. José Chaher como primeiro diretor da Escola de Odontologia. 

 
SEMANA DO CENTENÁRIO
Do dia 6 a11 de outubro desenrolou-se a SEMANA DO CENTENÁRIO, na qual aconteceram atividades científicas e socias. Foram inugurados:  Laboratório Prof. José Pereira Brito;  Clínica de Pós Graduação Prof. Manoel Fornari Sanchez e Laboratório de Imunohistoquimica Dr. Hardy Ebling.