TRANSCRITO DE ORTODONTIA ÓRGÃO OFICIAL DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA - Ano III - N 16 - Novembro/Dezembro de 1991


BASE DE DADOS

Ao se possibilitarem o arquivamento, catalogação e indexação de dados no computador, surgiu a revolucionária "Informação Transmitida", capaz de extrema agilidade no recuperar e manipular estes dados. Pela sua ilimitada capacidade de memória, os computadores mostram-se ferramentas ideais para a formação de grandes arquivos eletrônicos, denominados BASES DE DADOS.

Por outro lado, as telecomunicações, ao propiciarem a intercomunicação entre os computadores, instalados em locais distantes, ampliaram o acesso às informações armazenadas, popularizando-lhes o uso em larga escala.

Juntas, as duas tecnologias, telecomunicarão e informática, constituem o que se convencionou chamar TELEMÁTICA. Esta, automatizando os processos de pesquisa e disseminando, eletronicamente, a informação, compõe uma das grandes conquistas do mundo pós-moderno.

Com o advento desses acontecimentos, os "Bancos de Informação " evoluíram e se avultaram de tal forma que excedem, em muito, a capacidade do usuário domestico. Surgiram, assim, as BASES DE DADOS institucionais ou empresariais, que oferecem informações, de imensurável riqueza, a muitas das atividades humanas. Estas Bases de Dados, universais ou locais, estão, em grande parte, à disposição do usuário comum, por preços irrisórios. É irrecusável usá-las. É o que devemos fazer. Façamos isso !!!

DR. CLÉBER BIDEGAIN PEREIRA
Vice-Presidente da ABUCO