TRANSCRITO DA REVISTA "ORTODONTIA", ÓRGÃO OFICIAL DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA - Ano VIII - N 53; JANEIRO/FEVEREIRO, /MARÇO, 1997
                                                         Atualizado em 02/03/98

 
EDITAR ARQUIVOS HTML
 
 
Dr. Cléber Bidegain Pereira
 
 

Os arquivos HTML (*) constituem a principal estrutura das homepages e têm facilidades para transitarem na Internet.

É possível editar um arquivo DOC, no Editor de Texto Word, e transformá-lo em HTML. Entretanto, esta prática não é boa se o arquivo destina-se à Internet, salvo se contenha somente textos ou textos e só uma pequena imagem, de tal forma que o tamanho do arquivo não chegue a 1 MB (**).

Editar um arquivo HTML pode parecer um grande mistério, até que se conheçam os mecanismos principais, que não são muito difíceis, e sigam-se algumas recomendações importantes. A finalidade deste escrito é justamente mostrar como é possível, apenas com um pouco de aprendizado, conseguir este intento. Os detalhes, passo-a-passo, encontram-se na homepage da SPO e na minha, onde podemos apresentá-los, com riqueza de informações, graças às possibilidades de múltiplas imagens.

Ressalto, que até há bem pouco tempo atrás, editar um arquivo HTML, realmente, era uma tarefa difícil, possível apenas para os programadores. Agora, o próprio sistema faz a programação automaticamente.
Dois são os principais meios que se prestam para fazer os arquivos HTML. O Front Page, da Microsoft, e Netscape Navegator Compore, Versão 4, da Netscape Co. (**) . As informações, que seguem, são referentes ao Netscape Compouse, Versão 4, o qual utilizo.

Abre-se o Netscape Editor, que é independente das mensagens, no ícone inferior da direita. Depois, clicar no ícone superior bem da esquerda ( New Document ou FILE - NEW DOCUMENT ) o que abre a página para a composição de um novo arquivo HTML. De início, pode-se definir a cor de fundo. É recomendável, pelo menos para os iniciantes, usar o fundo branco, que facilita muito o trabalho. De qualquer maneira, o fundo poderá ser mudado a qualquer momento, usando-se uma das opções da palheta de cores (***).

Definido o fundo, o programa pede que se grave o arquivo. Basta dar-lhe um nome e indicar o local onde se quer gravar. E inicia-se a composição do arquivo, colocando imagens e /ou textos.

Os textos podem ser digitalizados, diretamente, neste mesmo local ou no Editor de Textos Word, ou outro de sua preferência. Se o texto é editado no Word, depois que se tem o texto pronto, passa-se para o Editor do Netscape, usando a memória do computador. Ilumina-se o texto no Word e clica-se em EDIT - COPY ( ou Control + C ). Fecha-se o Word e abre-se o Netscape. Com o cursor no local onde se quer iniciar o texto, clica-se em EDIT - PASTE ( ou Control + V ). O texto digitalizado no Word aparece. Informo que se perdem todos os formatos. É necessário, com limitações, restaurar os formatos, separar os parágrafos e mudar o tamanho e a cor da fonte onde se desejar. Em muitos casos textos são scaneados com o programa que faz a leitura ótica ( OCTR ), levados para o Editor de Textos e depois para o Netscape.

As imagens são inseridas clicando-se, no ícone correspondente, ou em INSERIR - IMAGENS. Aparecerá uma caixa de diálogo, onde se busca a imagem no local em que se encontra.

É necessário seguir alguns requisitos de importância:

1 - As imagens que se pretendem inserir devem estar no mesmo diretório onde se grava o arquivo HTML. Devem estar prontas, recortadas e redimensionadas previamente, conforme instruções, na homepage da SPO e minha, em TRANSMISSÃO DE IMAGENS NA INTERNET (****).

3 - O formato das imagens deve ser JPG ou GIF.

4 - Os nomes dos arquivos devem ter todas as letras, inclusive as indicativas do formato, em minúsculas.

5 - As imagens entram na linha onde está posicionado o cursor, havendo o recurso de posicioná-la na esquerda, centro ou direita.

6 - Mais de uma imagem podem ser inseridas na mesma linha, desde que o tamanho seja adequado. Junto com a imagem, pode-se colocar uma linha de texto, localizada no centro da imagem ou mais para cima ou para baixo. Escolhem-se estas opções iluminando a imagem e clicando-se em PROPRIEDADES.

7 - As imagens não devem ter endereços, pois foram programadas para serem encontradas no mesmo diretório em que está  gravado o arquivo HTML.   Assim, no local onde aparece o seu nome, junto aparece o endereço delas, este deve ser deletado, deixando-se somente o nome do arquivo.

Os arquivos HTML possibilitam que se criem "links", os quais abrem outros arquivos HTMLs. Para fazer um link, estando no Netscape Editor, ilumina-se uma parte do texto, ou uma imagem, que servirá como link. Clica-se no ícone MAKE LINK ( ícone "corrente" ) e na caixa de diálogo, na pasta "link ", escreve-se o nome do arquivo que deverá ser aberto.

Um número indefinido de links podem ser criados em uma mesma página. E cada uma destas novas paginas podem ter outros links. E é assim que se montam as homepages.

Estes arquivos HTML são gravados em nosso HD. Com o programa CutFTP, a autorização e a senha respectiva, podemos passar os arquivos para o disco de nosso Provedor, afim de habilitá-los a serem transmitidos pela Internet.

O programa CutFTP é muito simples. Depois de abri-lo e colocar a respectiva senha, aparecem de um lado os arquivos que estão em nosso HD e, do outro lado, nosso diretório, com os respectivos arquivos, no disco do Provedor. Basta arrastar os arquivos de um para outro. Recomendação: devem ser transferidos os arquivos HTM e também todos os arquivos das imagens que foram inseridas nele.
 
Arquivos já editados podem ser modificados em tudo que desejarmos. Neste caso, ao invés de um novo arquivo, abrimos o arquivo que se quer modificar.

Experimente editar um arquivo HTML, verá que poderá faze-lo. Quando conseguir, estará com as portas abertas para transitar com muito mais facilidade pela Internet. São recursos que, em futuro próximo, serão quase que um imperativo em nossas vidas científicas.

Você poderá mandar, pela Internet, seus casos clínicos para debater com colegas, formando Grupos de Estudos virtuais, para os quais não existem distâncias nem datas fechadas para encontros.


(*) Hyper Text Marke Lup Language .

(**) Um arquivo com mais de 1 MB, dependendo do equipamento e da velocidade de transmissão do momento, pode demorar de 10 a 15 minutos para transmissão e, outro tanto, para recepção, o que não é aconselhável para Internet.

(***) É possível usar qualquer imagem como fundo, requerendo para tanto que a largura da imagem seja igual à do screen do monitor. Se for menor, entrarão duas imagens.

(****) Detalhes da Edição de arquivos HTML  

As imagens que compõem os arquivos HTML necessitam ser preparadas para serem transmitidas na Internet. Maiores informações encontram-se no botão que segue:

Manipulação de Imagens para a Internet 

Captura de Imagens Eletrônicas   

 Comentários sobre Scaners     
 


HOMEPAGES - NOVIDADES

Agora as homepages podem entrar mais rapidamente em nossos computadores. Isto acontece devido a novos sistemas e equipamentos nas provedoras, como o Sistema Linux.

Também, o programa Zen Net facilita a transferência de arquivos de nosso HD para o disco da provedora onde está hospedada a nossa homepage.

Não mais usa-se o FTP e sim, através do Zen Net, tem-se no Internet Explorer, mais um HD, o da nossa provedora, onde, com a respectiva autorização e senha, podemos entrar livremente, como se estivéssemos em um de nossos HDs. É simplesmente fantástico !!!