TRANSCRITO DA REVISTA "ORTODONTIA", ÓRGÃO OFICIAL DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA - N 37 - Maio/Junho 1995.
Atualizado em 20/11/98


IMPRESSORAS E IMPRESSÃO DE ARQUIVOS ELETRÔNICOS
Cléber Bidegain Pereira, C.D.
    As impressoras são periféricos que complementam os computadores, possibilitando passar para o papel textos e imagens que foram digitalizados no computador. É um importante meio de comunicação com aqueles que não têm equipamentos de informática ou preferem visualizar o conjunto impresso. Em geral, as impressoras têm excelente durabilidade e não apresentam problemas de manutenção. Pelo menos, as minhas vêm trabalhando há anos sem necessitar nenhuma atenção especial ou conserto. De qualquer maneira, é sempre bom que se compre impressora com marca reconhecida, que ofereça garantia de um ano ou mais.
Existem, no mercado, atualmente, quatro sistemas ou mecanismos de funcionamento das impressoras: de agulhas; a jato-de-tinta; laser e térmicas.
As impressoras de agulhas são as mais pobres em qualidade de impressão. Elas imprimem por meio de agulhas que, no início, eram 9 e resultavam, naquele então, típico "impresso de computador ", composto por pontinhos separados uns dos outros. Agora, as boas impressoras têm maior número de agulhas ( 24 ) e imprimem textos com qualidade aceitável. No entanto, para as imagens, o resultado não é bom. Pelo baixo preço e diminuto tamanho, como impressora portátil, pode ser escolhida a impressora de agulhas. Esta cumpre satisfatoriamente a função de servir eventualmente para imprimir textos.
As jato-de-tinta vêm, cada vez mais, dominando o mercado. Para imprimir textos e cefalogramas, estas impressoras são excelentes. Aqueles que utilizam a Metodologia ABUCO (*) e imprimem seus cefalogramas no Corel Draw, têm variadas possibilidades de impressão com o traçado em linha cheia, pontilhada, colorida e com a espessura que mais convenha ao fim a que se destina a impressão. É possível fazer a sobreposição de traçados do mesmo paciente ou, com o " Jacobson Proportionate Templates", ou outras referências que se desejar. Atualmente, é completamente dispensável o Plotter, antes utilizado para traçar os cefalogramas. Para as imagens fotográficas as impressoras de jato-de-tinta são apenas aceitáveis, servem satisfatoriamente para a comunicação com pacientes e colegas, porém não alcançam a qualidade das fotografias pelo método de emulsão foto sensível. Mesmo assim, com crescente entusiasmo, venho utilizando as impressoras a jato-de-tinta, observando que elas vêm evoluindo muito nos últimos tempos. Ainda que tenham surgido modelos mais recentes a Desk Jet 560 C, da Hewlett Packard (HP), com 600 dpi, e a Epson Stylus Color, com 720 dpi imprimem com muito boa qualidade.
Os últimos modelos da Epson imprimem com excente qualidade.
As impressoras laser produzem maior qualidade nos textos, porém, não imprimem imagens muito melhores do que as jato-de-tinta. Têm a vantagem de serem mais rápidas. Para o ortodontista, não justificam o seu valor, que é, aproximadamente, o dobro do custo de uma jato-de-tinta. Além disso, o cartucho de tôner (**) é caro.
A excelência na qualidade de impressão é obtida com as impressoras térmicas, as quais trabalham com insumos especiais. O seu preço e o custo dos insumos é que desencorajam ao usuário individual. Enquanto que as outras impressoras imprimem tamanho ofício ou formulário contínuo, as térmicas variam no tamanho da impressão, e com ele o preço da impressora e de seus insumos, proporcionais a este tamanho. Igual que os equipamentos de informática, os preços das impressoras térmicas vêm baixando. Para imprimir tamanhos pequenos já estão em preço aceitável. Um recurso utilizável é mandarmos nossos arquivos para serem impressos em um serviço que tenha impressora térmica.
Venho aprendendo a melhorar meus impressos, sem mudar de impressora. O ideal é tirarmos o melhor proveito possível do equipamento de que dispomos. Freqüentemente, o usuário sub-utiliza o seu equipamento, seja por falha na configuração ou na utilização de insumos. No caso das impressoras, a qualidade do papel tem importância preponderante. Os textos e cefalogramas podem ser impressos, com boa qualidade, em papel Chamex 600 ou outros utilizados para xerox. Porém, os impressos de imagens melhoram significativamente quando são utilizados papéis próprios para impressoras jato-de-tinta, como o papel da Epson Stylus Color, 720 dpi, A4 - SO41026. Ficam perfeitamente aceitáveis aos fins a que se destinam. Podem ficar ainda melhores, quando se utiliza o Premiun Glossy Paper, HP C3836A.

    (*) NOVO CAMINHO - Publicado nesta coluna, no ORTODONTIA No 31 Maio/Junho de 1.994.
(**) Tôner é o pó preto feito de carbono e uma forma de plástico que funciona como "tinta" nas impressoras laser.

                  Recarga de cartuchos automático em Impressoras 
                  Acabaram os problemas de impressão