COMENTÁRIO SOBRE ANAMNESE NO COMPUTADOR


Pessoamente não sou favorável a anamnese feita pelo computador. A anamnese é um momento de muita importância, no relacionamento do paciente-profissional, e deve ser pessoal, para que as informações fluam, por caminhos diversificados, conforme o transcorrer da entrevista. É a sabedoria e a astúcia do entrevistador que consegue captar os dados que são necessários para o diagnóstico.
No entanto, desde logo, reconheço que os grandes serviços, comprimidos pela conjuntura econômica atual, podem encontrar facilidades ponderáveis com a ajuda do computador. Um programa inteligente, interativo, como já existem atualmente -  inclusive falado -  não só faz aquelas perguntas gerais, mas também outras, decorrentes das respostas recebidas.  A principal finalidade destes programas será colher informações preliminares, que podem ser  valiosas,  como os primeiros passos em um caminho.
É recomendável que, como docorrência desta anamnese preliminar, aconteça o relacionamento direto de profissional-paciente, complementando a amamnese iniciada.
Outra forma de anamnese, muito utilizada, é o preenchimento de formulários, respondendo perguntas. Este sistema também é impressoal como as máquinas, mas não são combatidos com manifestações como: "a anamnese por formulário não vale nada...", parecendo que se combate o computador e não a impressoalidade da entrevista.
Em nosso entendimento, ainda que seja válido dar diferentes valores para a entrevista com distintos meios de comunicação: pessoal, preenchimento de formulário ou computador falante, a validade legal da anamnese não é pelo meio utilizado.  É dependente da assinatura do paciente ou responsável e do entrevistador.  Se a entrevista é feita por computador, perguntas e respostas terão de ser impressas e assinadas pelo paciente ou responsável e pelo supervisionador da entrevista.

Cléber Bidegain Pereira, C.D.


     VEJA MAIORES INFORMAÇÕES ATUAIS EM

     Medida Provisória 2002-2 

     Infra-estrutura de Chaves Publicas  ( ICP-Brasil )

     Legalidade dos Arquivos Eletrônicos em Geral