Introdução à Cefalometria Radiográfica - 5ª Edição

Capítulo X - Sobreposição de Análises

A sobreposição de cefalogramas seriados, de um mesmo paciente, apresenta importante valor para a observação da tendêncìa de crescimento facial e avaliação do tratamento.

No crescimento, as modificações na estrutura facial devem ser avaliadas com conhecimento e meticulosidade para não induzir a conclusões erradas. Um exemplo é a diminuição do ângulo ANB que pode ser resultante de diferentes causas, como poderá ser observado neste capítulo, nem sempre ocasionado por maior crescimento mandibular ou resultante do tratamento.

Para se observar o crescimento da face, as análises são, geralmente, sobrepostas na linha SN ou na base anterior do crânio. Os movimentos dentários são mais precisamente avaliados fazendo a sobreposição da maxila e da mandíbula separadamente (sobreposições parciais).

Sobreposição de análises
Na linha SN, coincidindo em N


Para observar as alterações no ângulo ANB, sobrepõe-se as análises em SN, fazendo coincidir em nasion (N).

A sobreposição na linha SN, fazendo coincidir o ponto S, mostra o crescimento anterior do nasion, isto é o nasion foi para a frente.

Sobreposição de análises na base anterior do crânio. A base de crânio anterior poucas alterações sofre com o crescimento, de tal forma que alguns autores recomendam como a parte mais apropriada para sobrepor e observar o crescimento da face e alterações na linha S-N.


Sobreposição da Maxila e da Mandíbula

Na avaliação de tratamento, para observar os movimentos dentários, as análises são sobrepostas, separadamente, para o estudo na maxila e mandíbula.

Sobreposição da maxila. Sobreposição no plano biespinhal, fazendo coincidir a base da espinha nasal anterior.

Sobreposição da mandíbula. Sobreposição em Go-Gn, fazendo coincidir a parte posterior da sínfise mandibular.


Sobreposição em implantes metálicos (Björk)

Björk surpreendeu o mundo ortodôntico, mostrando as verdadeiras modificações sofridas pela mandíbula durante o crescimento. Com uma técnica própria, colocou implantes metálicos dentro do osso, em zonas de crescimento neutras. Fazia a sobreposição de análises coincidindo estes implantes metálicos.

Caso 7.745 de Björk

Sobreposição em base anterior do crânio
Caso 7.745 de Björk

Sobreposição parcial da mandíbula nos implantes metálicos

Variações de ANB

O ângulo ANB tem tendência de 75% em diminuir seu valor com o crescimento. Isto ocorre porque a componente horizontal do crescimento mandibular é geralmente maior do que a mesma componente na maxila.

Também o ângulo ANB diminui por outros fatores, que serão descritos neste capítulo.

Diminuição de ANB por maior crescimento horizontal da mandíbula.

B-B' > A-A'

Nestes casos, de diminuição de ANB, por maior crescimento mandibular, geralmente ocorre crescimento horizontal de nasion, o que, também, é fator de diminuição do ANB.

Diminuição do ângulo SNA por maior crescimento horizontal de nasion

Quando nasion cresce, horizontalmente, mais do que o ponto A. Isto provoca dimìnuição do ângulo SNA. No surto do crescimento puerperal, este acontecimento é relativamente comum, devido ao crescimento dos seios frontais e a formação da glabela, conforme comprovou PEREIRA C. B. et al, em estudo no Bulinglon Growth Centre da Universidade do Toronto.*

Crescimento horizontal de nasion N-N', maior do que o crescimento, no mesmo sentido, do ponto A, provoca diminuição do ângulo SNA. Neste caso, com a intenção de melhor caracterizar o acontecimento, simulou-se crescimento do nasion e nenhum crescimento horizontal do Ponto A. ANB diminuiu 5°.
* Farta e completa documentação deste estudo encontra-se em www.cleber.com.br/burlin.html

Diminuição do ângulo ANB por rotação da maxila

Nas rotações da maxila, para baixo e para trás, o ponto A é levado para trás e diminui o ângulo SNA e, conseqüentemente, o ângulo ANB, o que pode ser observado na sobreposição da linha S-N, fazendo coincidir o ponto N.

A observação do Plano biespinhal evidencia a rotação da maxila.

Diminuição do ângulo ANB por retração radicular de incisivos superiores

O ponto A, estando no limite entre o osso basal e o alveolar, vai discretamente para trás quando as raízes dos incisivos superiores são distaladas, diminuindo o ângulo SNA e, conseqüentemente, o ANB.

A sobreposição do Plano biespinhal, fazendo coincidir a base da Spna, evidencia a retração do ponto A.

Referências Bibliográficas

ARAÚJO, W. A. As superposições cefalométricas totais na verificação do tratamento ortodôntico. Rio de Janeiro, Universidade Federal, 1980. Diss. mestr.

BERGERSEN, E. O. Comparative study of cephalometric superimposition. Angle Orthod., 31(4): 216-29. Oct. 1961.

BORK, A. Facial growth in man, studied with the aid of metallic implants. Acta Odont. Scand, 13(9): 9-33, 1955.

-. Facial growth in bilateral hipoplasia of the mandibular condyles. Orthodontics, Philadelphia, Lea & Febiger, p. 347-58, 1962.

-. The use of metallic implants in the study of facial growth in children: method and application. Am. J. Phys. Anthrop., 29(2): 243-54, 1968.

KROGMAN. W. M. Craniometry and cephalometry as research tools in growth of head and face. Am. J. Orthod., 37(6): 406-14, Jun. 1951.

MARTINS, J. C. R. et alii. Iniciação à cefalometria radiográfica, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 1983.

NELSON, T O. A study of facial growth utilizing elements of the cranial base for registration. Seatle University of Washington, 1959.

PEREIRA, C.B. e MORAES. L.M.P. Dados Selecionados no Estudo do Material do Burlington Growth Center - Universidade de Toronto - Revista da APCD Vol. 40 - N. 3 - Maio/Junho, 1986. www.cleber.com.br/burdados.html

PEREIRA, C.B; POPOWICH, F. e MORAES, L.M.P. Mini-Floppy Disk. Compatível com computador Prológica CP-500, "Arquive of the Data Burlington Growth Centre. Selected data. Normal occlusion and no orthodontic Treatment" 1987, transferido para www.cleber.com.br/snaa1.html

PEREIRA, C.B. e BRANDI A.L.P. Angulo SNA diminuindo - 1989. www.cleber.com.br/anguloanb.html

PEREIRA. C.B. "Variações do ângulo ANB" - Rev. Gaúcha do Odont. 36: (3) Maio/ Jun 1988.

RAKOSI, T. Cephalometric radiography, an atlas and manual. Philadelphia, Lea & Febiger, 1982.



Seguir para o capítulo XI: "Tendência de Crescimento Facial"
© Copyright Cléber Bidegain Pereira. Todos os direitos reservados.