ESTÍMULOS PARA CONTINUAR

Este escrito, relatando segmentos da vida de Hilde e eu,  iniciei timidamente, sem saber se ia levar em frente. Mandei para alguns dos meus queridos e recebi grande quantidade de respostas maravilhosas que me instigaram a continuar.  Criei alma nova...  Fiz o compromisso comigo mesmo de todo o dia adiantar um pouco...  Ainda que procuro as lembranças boas, mesmo assim fico deprimido....  Então eu paro de escrever....  É quando me chega nova carta de estímulo e eu reinicio.  É o que está acontecendo neste momento.
Transcrevo aqui apenas algumas das muitas mensagens que recebi,  as quais me emocionaram demais.

Cléber

--------------------------------------------------------------------------------

Meu Vôzinho..

Me encanta cada palavra, cada gesto, cada feito teu. Desejo, prezo que eu tenha pelo menos um pouco de toda a tua sabedoria e amor. Não imaginas como me orgulho de ti! Sempre estou falando para todos os meus amigos tudo o que já fizeste. Digo a eles que não existe uma pessoa que seja tão dedicada como tu foi e és. Não tenho palavras para dizer como amava a vó e a ti. Vocês dois são pessoas que como sempre relatei inexplicavéis para mim, jóias raras mesmo. Quando me contasse que o teu livro foi eleito pela UFGRS, me emocionei, pensei: mais uma vitória, uma história para contar para meus filhos e netos! E o teu escrito Hilde e eu, me emocionou muito. É incrível ver como o amor de vocês É incondicional. Fico realmente orgulhosa e emocionada em ter a ti como MEU AVÔ.
OBS: Como tu faz para escrever?? Quer que eu te ajude nos errinhos de português?

Com o maior amor do mundo da tua neta
Maria Luiza
 
 

--------------------------------------------------------------------------------
 

Vô amado

Comecei a ler teu lindo escrito sobre a história maravilhosa de amor tua e da vó...A cada palavra que leio me emociono mais e a história começa a se passar ao vivo na minha mente...Algumas coisas a vó já tinha me contado...fico também relembrando do jeito carinhoso e doce como ela me contava!!
Todos os dias chego aqui no meu trabalho e antes de começar a abrir os processos vou rápidinho dar uma espiadinha na tua página para ver se tem alguma coisa nova!!O jeito que tu escreve me emociona e pelo que estou vendo emociona a todos!Continua com teu relato sim!!É lindo!!E eterniza ainda mais o amor de vocês...E vô querido tu escreves muito bem!!Alguns errinhos de português como falou a Luiza mas isso tu tem netas que com certeza no momento que tu quiseres iram te ajudar porque tiveram uma ótima vó Hilde professora de português e de tantas outras lições de vida!
Tinha uma coisa pra te contar!!Várias noites sonho com a vó...e sempre converso com ela nos meus sonhos, assim mato pelo menos um pouquinho a saudade e a falta que ela faz. Mas o estranho e o que eu queria te contar é que ela aparece sempre de coque, sabe?Com o cabelinho puxado pra cima...Achei muito estranho porque raras vezes vi ela de coque e queria
saber se ela usava no tempo de guria ou algo assim!
Vô to morrendo de saudades e não vejo a hora de ir pra Uruguaiana de novo!Tudo bem contigo???

Beijões da neta que te ama muito..

.Juliana Moraes
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Querido Amigo Cléber,

És um escritor nato, tanto na área romântica quanto na área científica.

Continua, amigo Cléber, ainda tens muito a nos oferecer e nos estamos no aguardo.
Parabéns pelas obras todas, pela verdadeira láurea que a UFRGS acaba de te conceder, incluindo o teu valiosíssimo Cefalometria na Série Graduação.

Este teu livro foi - para mim (e também para Juarez) - um verdadeiro livro de cabeceira na área da cefalometria. É excelente, até hoje não surgiu igual. Não é à toa que a UFRGS eternizou tua obra.
Estou muito curioso quanto ao livro que estás a escrever com a Júlia Harfin. Conta-me mais a respeito.

Teu relato Hilde e Eu verdadeiramente me emocionou. Hoje, ao chegar em casa - após o expediente clínico - contei para Nilse (minha esposa) sobre teu escrito e sobre o quanto ele havia me emocionado.
Tu contas tua história de uma tal forma que nós - os leitores - parecemos estar vendo as belíssimas cenas que relatas (com toda uma aura de candura) como se fossem ao vivo.

É realmente uma linda história de amor e de vida.

Abraços - com os melhores votos de que sigas em frente neste impulso  ao mesmo tempo nostáligo mas altamente renovador em que estás  - do amigo que tens aqui na terra das araucárias.

Gerson
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Querido Cléber: me parece fantástico que comiences a escribir sobre tu vida y la de Hilde!  Es verdaderamente una decisión que revela tu fuerza interior-que todavía la tienes- y que creo que aunque llegues a derramar lágrimas y a conmoverte hondamente, te hará bien, pues es mucho lo que ustedes se han amado- he sido testigo tantas veces nos vimos, de vuestro maravilloso amor.  Y si puedes lograrlo, será un maravilloso testimonio para tus hijas, nietos y yernos. HILDE Y CLEBER FUERON SIEMPRE  LA PAREJA SOÑADA, llenos de amor, que derramaron con creces y abundancia entre su familia y tantos amigos que los quisieron y los quieren siempre. Tal vez sea más indicado para ti esta grandiosa tarea, que escribir un libro sobre Ortodoncia, por más Julia Harffin que sea la coautora!  Me gustaría que me cuentes cual será tu decisión, lo mismo que el progreso de tu proyecto.      CLEBER ES MAS FUERTE DE LO QUE PIENSA!        Lo que ocurre es que todavía tu alma está muy dolida y sangrando. Ya te vendrá la calma y la paz de espíritu que necesitas. No sé si decides comenzar AHORA, ASÍ,  o esperarás a sentirte menos angustiado para volcar tus ideas y sentimientos con más calma. ESO LO DECIDES SÓLO TU.  Pero lo que sientas, HAZLO.    Tú eres un escritor nato, y es lo que has hecho toda la vida, Sigue con tu impulso creativo y prueba…a ver cómo te sientes.  Y cuando quieras- o necesites una amiga interlocutora- no dudes en escribirme, que sabré comprenderte desde mi alma, ya que yo también sufrí al ver sufrir al ser amado, y después lloré ríos de lágrimas de pena. Y cuando hube llorado todo, el Señor me regaló una paz interior por haber dado y recibido tanto amor y pude, a los 6 meses de desaparecido Julito, aceptar una invitación que me hizo una galería de Arte de España a exponer mis trabajos 3 meses más tarde. Acepté el desafío, contesté que si, y me puse a la tarea de pintar una serie de 18 cuadros, 4 o 5 grandes, 8 medianos y el resto pequeños. Una gran amiga pintora me invitó a pintarlos en su taller, adonde concurren otras personas, talentosas y maravillosas. Consuelo me sugirió que pintara todo el tema del Quijote, ya que en 2005 se cumplían 400 años de la primera edición. Compré el libro- librón- que se estudia en el colegio como si fuera un plomo, y cada vez que comenzaba un nuevo tema, lloraba, y lloraba , y pintaba…hasta que un día dejé de llorar y seguí pintando…y llegué a tiempo para el viaje a España, colgar todo y sentir una gran alegría y paz interior, por haber podido superar la infinita tristeza que tenía.  No digas que las mujeres somos más fuertes. No depende del sexo femenino o masculino. Depende de las tremendas ganas de superación que va surgiendo en nuestro espíritu y la fuerza que da la creatividad!

Bien, querido amigo, no quiero darte lecciones de cómo vivir. Pero si decides comenzar con tu proyecto, CUÉNTAME QUE TE SEGUIRÉ EMPUJANDO…

Un abrazo y un beso fuerte de tu amiga de siempre   Graciela
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Meu querido Cléber,
Então iniciaste e ... muito bem.
Tens agora a base para fazeres mais.  Eu quero saber mais, como por exemplo, quando começaram a nascer as vossas filhas; ainda estavam a estudar, ou já viviam em Uruguaiana? Podes acrescentar mais histórias, como a da primeira ressaca e pormenores engraçados sobre a vossa vida. Deves ter milhares.  E mais fotos.  Como é que a Hilde conciliou a sua função de mãe, com a de esposa e profissional, etc., etc.
O importante foi começar, pois agora vão surgindo as ideias, primeiro em catadupa e depois mais alinhadas.
Nunca digas que estás sozinha nessa casa, porque, com tantas recordações, é impossível estar sozinho. Só não tens a Hilde fisicamente junto a ti, mas ela anda por aí a tomar conta de ti e de todos os teus.  Podes estar seguro que é assim.
Depois dos meus pais morrerem, eu parecia que houvia a minha mãe a ralhar comigo, cada vez que eu fazia alguma coisa menos certa. Já lá vão 20 anos e ainda me acho a dizer "ai se a D. Adelaide ouvisse isto", "ai se o meu querido pai Paul soubesses destas coisas", mas eles ouvem e sabem.
A vida continua para depois da morte e os nossos queridos estão "lá em cima" a olhar por nós.
Espero ter mais.  Para já gostei muito do que li.  Força amigo, continua.
Um grande abraço,

Gisela.
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Querido Cleber!!!!!

Fiquei comovida com o relato de tua vida com a Hilde e os teus......Tens uma forma de relatar os fatos que torna muito prazerosa a sua leitura......enquanto lia calmamente pude entender muitas coisas ...esta ralação afetiva infinita somente com bases muito sólidas   ....dizem que não existe amor eterno!!!!!!!!!!que infâmia!!!!!!!!!!tu és nosso exemplo vivo de que ele existe...contado em prosa.....esperemos em verso!!!!!!! Beijos mil....continue escrevendo ...além da catarse uma obra prima de amor!!!!!!!!!

Tereca
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Cleber, meu querido amigo:

    Li com carinho a sua história, a história de duas vidas. Teve um começo, vários "meios", mas jamais terá um fim. Continuo acreditando que a morte não existe, é um incidente entre duas ralidades diferentes  de uma mesma vida, como já te disse. Que belo relato! Quanta coisa bonita aconteceu, quantos lugares vocês conheceram, quantos amigos fizeram! E nas fotografias, é bom de se ver nos rostos de vocês, aqueles sorrisos que identificam a primeira vista , a permanente cumplicidade de duas pessoas que se amam.
    Sou muito grato por estar entre os seus amigos. Aliás, temos entre várias outras, uma coisa especial em comum: Beatriz e eu nos casamos em Santos, também no dia 23 de Dezembro ( de 1958). Também para nós esse dia é muito especial.
    Tive o privilégio de compartilhar com vocês dois aquela inesquecível viagem a Alfenas (eu me contagiava com a alegria pura e perfeita de dois amigos, de proximidade relativamente recente, que davam-me a impressão de que nossa amizade já durava  toda uma vida (até declamei e recebi dois beijos sincéros...). Não tenho dúvidas que somos "almas compatíveis"...
      Um afetuoso abraço do amigo que o admira,

     PIRES.
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Vô!!

Hoje fui dar uma espiadinha no teu escrito Hilde e eu, como faço todos os dias, e hoje vi que havia grandes mudanças! Mudanças espetaculares! Amei todas as partes novas.. como tu é maravilhoso! Que fonte de inspiração tu tens..Vou imprimir tudo e guardar para sempre no meu coração. Sempre quando entro releio tudo,tudo. Não me canso de fazer isso! A viagem para Disney está um amor! hehehe.. Não consigo acreditar que com apenas 3 anos tive a coragem de te acompanhar. Viu desde pequena com uma admiração imensa por ti, e confiança, para fazer tudo o que tu fazias. Vô, estou morta de saudades de ti! Hoje sonhei contigo.. estava te abraçando! hehe Vô espero que continues com esta maravilha, com este amor eterno. Te amo muito!! Estou morrendo de saudades!
Com muito amor
Maria Luiza
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Querido Cleber!!!!!!!
tudo bem contigo???? Espero que sim .....Na semana passada o Henrique toda hora me pedia para ler a tua
história então eu resolvi imprimir.....ficou uma beleza....para teu controle devo  dizer que são quarenta
páginas muito gostosas de serem lidas,  pois está na mesa da sala e todo mundo pega pra ler.......e quem pegou
gostou.......seguidamente o Henrique está com ele...sim no  masculino...O livro de Cleber......e muito obrigada
pela minha intrusão na história de vocês eu nem merecia.....bem um beijão .....da tereca e do henrique...
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Vo
Tua história esta cada vez mais linda!!Tudo com fotos e palavras de amor...To amando...Escrevo para além de elogiar te corrigir...hehehe...na história da nossa viagem para Diney, tem uma foto que eu estou sozinha na poltrona do avião, e tu colocastes como se fosse a Luiza hehehehehehe...Mas realmente estamos muito parecidas!!!
Acho que tu vais ter que publicar essa história num livro...vai ser um best seller!!heheh...Vô te amo muito, continua escrevendo que tá maravilhoso...coloca bastante fotos de tudo...adoro ver a vó feliz e radiante!!
Beijos, da neta que te ama...Juliana
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Caro Cleber,  hoje e dia dos pais e te parabenizo por isto pois tenho certeza pai melhor nao poderias ter sido ,nao e dificil perceber nao pelos relatos e fotos que mostrastes mas pela alegria e amor que deles emanam, isto todos podem perceber,
e apesar de conhece-lo `a pouco tenho certeza do orgulho e amor que te devem ter suas filhas e netas ....fiquei comovido com a sua historia de amor com sua esposa e por uma vida tao rica de realizaçoes que tivestes e sem duvida ainda tera ,acho meu amigo que esta historia ainda continuara, pois tanto amor nao e para uma so vida ......continue escrevendo poque hoje precisamos de exemplos de vida como o seu e de sua esposa e familia,e tenha certeza tudo passa mas o amor e eterno .
abraços       marco antonio  M.G  --- sao paulo
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Querido, admirado e amado amigo, fiquei emocionadíssimo ao ler teu precioso relato vou certamente utilizá-lo, para NORTEAR minha vida, ainda mais agora que meu filho está à caminho e preciso tanto de exemplos e orientações. És um exemplo a ser seguido, não só tua vastíssima produção científica mas, principalmente por tua sensibilidade humana, quem disse que os gênios que se dedicam à carreira não podem ser eternos amantes apaixonados estava errado!  Tu destes um verdadeiro exemplo de tudo aquilo por que vale a pena viver e até morrer!

Te amo muito

Humberto Carneiro Neto
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Vôzinho...
Como é teu aniversário sexta- feira, quis fazer este cartão ... Esses dias ouvi uma música e fiquei me lembrando tanto de ti, acho que a música foi feita especialmente pra nós dois. As palavras que os cantores escolheram pra esta música são exatamente as que eu gostaria de te dizer. Então aqui eu “canto” do fundo do meu coração tudo que quero te dizer a muito tempo.

Sente o céu, repara o mar,
Há muito mais pra eu te mostrar
Não chore não, não fique triste assim.
Eu te amo tanto que o teu pranto fez-se canto pra mim
Sorria, por favor,
Tenha esperança

Que é que você tem?
Conta pra mim...
Não quero ver você triste assim
Não fique triste!
O mundo é bom; a felicidade existe.
Enxugue as lágrimas, pare de chorar.
Você vai ver que tudo vai passar
Você vai sorrir outra vez
Que mal alguém lhe fez?
Conta pra mim!
Não quero ver você triste assim...
 

Sente o céu e esse luar
Que eu quero ver no teu olhar
Eu só queria ter você pra mim
Eu te amo tanto que o teu pranto fez-se canto pra mim
Sorria, por favor,
Tenha esperança.

Olha, vamos sair,
Pra que saber aonde ir?
Só quero ver você sorrir.
Enxugue as lágrimas,
Não chore mais.
Olha que céu azul,
Azul até demais.
Esqueça o mal, pense só no bem,
Que assim a felicidade vem.
Agora uma canção, canta pra mim?

Não quero ver você tão triste assim...

Não é linda? Vô tu é uma das pessoas que eu mais amo no mundo inteiro. Tu é a minha jóia mais rara. Tu sabe disso. Agradeço todos os dias por te amar tanto assim, e por ter esse avô maravilhoso que tu és. Feliz aniversário que tu continue com esta mente brilhante e cheia de amor pra dar. Nunca te esquece que eu vou estar sempre ao teu lado, andando de mãos dadas contigo te ajudando sempre em todos os caminhos que tu escolheres. Tu é tudo pra mim! Te amo muito!

Com o maior amor do mundo da tua neta

Maria Luiza Pereira Moraes
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Cleeeeeeeeeeeeeeeeeeeberrrrr!!!!!!!!

Fazia tempo que eu não lia o teu livro virtual........e quase não acreditei!!!! está cada vez melhor!!!!!!!!!!!mas....faça-me um favor!!!!!!!!eu gastei um cartucho para imprimi-lo, assim o henrique poderia ler com mais conforto.....e já que estava prontinho a henriete levou para ler conforavelmente,ela estava no hotel ,não havia trazido nenhum livro pra ler....logo arranjei um!!!!! agora ....porca miséria ....vou ter que gastar dois cartuchos!!!!!! porque o que tem de fotos!!!!! ahahahahaha estou brincando ...está lindo e gostosissimo de ler...unm beijo da tereca e do henrique....continua escrevendo!!!!!!!!!
Tetebis
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

Estimado amigo Cleber;

Acabo de ler a biografia de vocês e constatei a luta para chegarem onde atingiram a realidade de vida.

Lua de prata no céu brilhou no chão na vida que atravessaram e tenho certeza no que sonharam o mundo propiciou a vocês

Sonhos de jovens, desejo insaciado e a vontade de vencer compreendida num planeta tão pequeno foram simples grãos de areia soltos a vagar no cosmo como simples emigrantes a percorrer esta terra, tornaram vocês guerreiros ansiando um pouco de sol.

As estrelas iluminavam o céu e a felicidade construiu o caminho que conduziu o olhar meigo da Hilde que marcou para sempre o teu coração, que chora a cada novo amanhecer.

A lâmpada apagada jamais iluminará a escuridão.do teu destino mas a tua vida não pode ser um penhasco, e terás de te tornar o faroleiro no alto da montanha que pode sobreviver a  ausência da Hilde, e venceras com o coração e pela emoção do amor que perdeste.

Às vezes parece ser tão diferente, quando tudo esta enevoado pelas emoções que podem transformar em luz as dores que sentes na alma.

Um pensamento sempre deve te acompanhar ao orar pela Hilde e a sua mão encontraras estendida quando precisares de uma amiga.  e as suas palavras te orientarão mostrando o caminho certo, quando não encontrares o horizonte.
 

  Do sempre teu amigo, HAROLDO CAUDURO.
 
 

--------------------------------------------------------------------------------

QUERIDO CLEBER:

ES UN CANTO A LA VIDA PODER CONOCER TODA ESTA VIDA HERMOSA QUE DIOS TE
REGALO!!!

SOS UN AFORTUNADO DE VIVIR TAANTAS COSAS INCREIBLES Y SOÑADAS.....

ME LLENA DE RIQUEZAS Y SABIDURIA LEER TODAS LAS HISTORIAS Y ANEGDOTAS DE TU
VIDA...

ES REALMENTE DULCE Y PLANCENTERO PODER CONOCERLAS...

GRACIAS POR COMPARTIRLAS CONMIGO!!!!!

MILLONES  DE BESOS!!

CAROLINA

----------------------------------------------------------------------------------

Querido tio Cleber ...
Como foi bom lembrar daquele tempo, na mesma hora lembrei daquela festa "a tirolesa", voces fantasiados, o pai e a mãe dançando, nós felizes com as roupas ... que tempo lindo e o meu rosto, meus olhos brilhando... fui uma criança feliz!
Porém, o que me emocionou e me fez chorar o tempo todo foi a leitura da biografia de voces dois, tia Hilde e tio Cleber - a construção de uma vida juntos...- que vida abençoada - que privilégio divino ter um casamento e um relacionamento amoroso e feliz como o de voces dois ... que Deus proteja sempre esse amor e que possam estar juntos no plano espiritual e se voltarem, possam voltar dessa maneira e dar prosseguimento a uma caminhada de realizaçoes, amor e felicidade. Que filhas abençoadas por terem pais tão amorosos e conscientes com a sua responsabilidade paterna. Que vida repleta de realizaçoes ...Tio querido, te amo muito.

   Nilce Faria Correa da Costa

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Olá Dr.Cleber,conheci a sua história de vida e amor com sua esposa,fiquei encantada,emocionada,como pode existir um amor entre um homem e uma mulher,por tantos anos. E isto me deixou imensamente feliz!!
Obrigada por compartilhar comigo a sua história de vida!!
Gostaria de saber se posso repassar a alguns amigos meus (os mais queridos) sua história de vida com sua esposa Hilde?
Deus lhe acompanhe sempre!!

com carinho Cleuza

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------