A Internet na Defesa de Dissertação de Especialização em Ortodontia

"IMAGEM DIGITAL EM ORTODONTIA: ASPECTOS LEGAIS"

DANIELLE BRAZ GOMES DE FREITAS
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA - CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ
13 DE DEZEMBRO 2005

BANCA EXAMINADORA

Prof. Marcelo Menezes de Mello
Profa. Renata de Sá Viana

Orientador: Prof. Sebastião Alves de Almeida

Co-orientador: Prof. Cléber Bidegain Pereira

Aprovada em 13 de dezembro 2005

A informática e a computação gráfica são hoje valiosas ferramentas no diagnóstico e prognóstico dos tratamentos ortodônticos e odontológicos. Cada vez mais o uso da imagem tem importante papel nas atividades práticas da Medicina e Odontologia. O uso de recursos eletrônicos como fotografias digitais, radiografias digitais, tomografias, modelos e set-up digitais é uma realidade que facilita o diagnóstico e planejamento das más oclusões, a comunicação entre profissionais, pacientes, além de inúmeras vantagens, como armazenamento e visualização imediata dos resultados.
A realização de imagens em três dimensões (3D) abre novos horizontes para a Ortodontia, a informação é detalhada e exata possibilitando uma visão em terceira dimensão.
Existiram muitos questionamentos em torno da legalidade dos arquivos digitais, que hoje estão superadas através da Medida Provisória 2200-2 de 24 agosto de 2001, que instituiu meios legais para a validação jurídica dos documentos produzidos, transmitidos ou obtidos sob a forma digital, garantindo sua autenticidade, integridade e validade jurídica.
O desenvolvimento desta tecnologia vem transpor as relações de confiança que já existiam no mundo físico para o ambiente digital. Os profissionais podem transformar em digital todos os documentos do paciente que chegarem em meios físicos e, da mesma forma que os documentos de origem exclusivamente digital, devem usar as ferramentas de validação jurídica - Certificação Digital - que agora são de reconhecimento universal.
O estudo propõe-se, através de revisão da literatura, a apresentar vantagens do uso da informática na Ortodontia com a utilização das imagens digitais e a importância da Certificação Digital destes documentos o que lhes garante autenticidade de validade jurídica.
Com a aprovação desta dissertação, por Banca Examinadora credenciada, fica mais uma vez comprovada a importância e legalidade dos arquivos digitais na Odontologia, pondo fim as inseguranças que existiam no passado.
Ratificando a valorização dos meios de transmissão eletrônicos relatamos:

  • 1 - O co-orientador, não estando presente fisicamente na ocasião de defesa desta dissertação, participou de tudo, instantaneamente, pelas imagens, sons e textos transmitidos via internet. Acompanhou a projeção dos slides e a sustentação oral, inclusive sua nota foi acatada pelos demais componentes da Banca Examinadora.
    Existem outros meios de transmissão eletrônica mais eficientes que a internet - utilizada neste acontecimento - são as transmissões em TV ao vivo, que podem ser consideradas como presenciais. (Veja mais sobre o assunto) Porém, estes meios são significativamente mais dispendiosos, dependendo de equipamentos não ao alcance imediato de todos, enquanto que a transmissão via internet, com imagem e som é um procedimento fácil e de baixo custo.

  • 2 - O trabalho, na íntegra em digital, foi Certificado por Cartório Digital, adquirindo Fé Pública e divulgado pela Revista Digital da Academia Brasileira de Odontologia. Inquestionavelmente a divulgação em meio eletrônico tem expressivamente maior disseminação do que em Revistas Impressas. Haja visto que todos os Diários Oficiais do pais - estaduais e federal - estão migrando para o digital, o que permitirá atingir toda a população usuária de forma simples, rápida e segura.

    Os trabalhos foram concluídos com inteligência e produtividade. Depois a festa... Desta co-orientador, distante a quase 2 mil kilometros, não pode participar...
  • © 2006 Cléber Bidegain Pereira. Todos os direitos reservados.