SPO - 50 anos gloriosos


BODAS DE OURO DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA

1949-2009 - HOMENAGENS E UM BREVE RELATO HISTÓRICO

As festividades e trabalhos dos 50 anos de SPO aconteceram com o maior brilhantismo e exuberância de esplendor. Como meta constante da SPO, reuniram-se atividades científicas, acontecimentos sociais e confraternizarão entre novos e velhos amigos, envolvendo comentários clínicos e científicos que sedimentam a programação das aulas dos grandes Mestres. Tudo isto com o sabor do colóquio informal.

Nestas atividades o tempo demonstrou que, sem contestação, a SPO foi a grande impulsionadora da Ortodontia, onde consolidou-se o desenvolvimento da Ortodontia brasileira que recém se esboçava 50 anos passados. O grande artífice destes gloriosos acontecimentos foi Jairo Correia, acompanhado de valorosos componentes de diretoria e colaboradores, como Paulo Afonso de Souza, Barraquini, Interlandi, Kurt, Eros Petrelli, Osny, Jurandir Barbosa e uma peia de esforçados amigos, imbuídos dos mesmos ideais.

Nas festividades dos 50 anos, igual que sempre Jairo foi magnífico. O protocolo das homenagens impecável. Tudo com a marca registrada de Jairo. Fidalgo, elegante no porte e nas atitudes.

Nos anos sessenta o Brasil contava com pouquíssimos especialistas em Ortodontia, impossível fazer uma sociedade que não aceitasse aspirantes à Ortodontia. Assim os Estatutos da SPO, igual que acontece até hoje em outras sociedades de Ortodontia do mundo, como nossa congênere SOCIEDADE ARGENTINA DE ORTODONTIA (que já completou 75 anos), aceitam em seus quadros sócios especialistas e não especialistas. É uma excelente fórmula para instigar os não-especialistas a buscarem a especialização. Fruto desta comprovada filosofia chegou o momento em que sim houve a possibilidade de fundar-se uma outra entidade exclusivamente de especialistas. Isto aconteceu dentro da SPO, sobre a liderança do saudoso Eros Petrelli. Foi fundada nesta ocasião, repito, dentro da SPO, a ABOR com o propósito de reunir exclusivamente especialistas. Para presidir a ABOR foi convidado Jairo, o qual com sua visão no horizonte, percebeu que sua missão seria continuar na direção da SPO que seria, como é e sempre será, a alimentadora de novos especialistas que enriquecem a ABOR.

Ficou claro que ambas SPO e ABOR complementam-se em seus objetivos e bons propósitos. Mais do que nunca, quando a ortodontia passou a ser praticada pela grande maioria de CDs, devido as facilidades de colar aparelhos, carece a SPO para orientar, não especialistas, com mini cursos ensinando rudimentos de diagnóstico, naquele sábio conceito de que ”pior é nada...” E carece, também, da ABOR para aprimorar, nos constantes avanços da Ortodontia especializadas, aqueles que nesta atividade estão engajados com cursos reconhecidos pelo CFO.

A ABOR cresceu, adquiriu plena produtividade sem que a SPO perdesse suas forças, comprovando pelo tempo o acerto dos acontecimentos, dos quais eu fui dos testemunhos presentes, inclusive na reunião de fundação.

Sinto-me honrado em ter ajudado um pouquinho neste caminho e recebi - junto com outros - a homenagem de carinho generoso nestes 50 anos, sendo que para mim com um pouco mais de força, pois Jairo e eu somos irmãos do coração.

Falando-se em história dos ensinamentos da Ortodontia, no Brasil, cabe ressaltar que, em na mesma linha filosófica de atuação da SPO, inicialmente em pequena escala, foi altamente profícua a “escolinha” do Professor Interlandi, que ao retornar de seus curso de especialização, nos EUA, onde destacou-se como brilhante aluno, tratou de divulgar um pouco do muito que tinha aprendido por lá, em gesto de extrema generosidade. Primeiro para duas turmas de 3 alunos, em seu consultório, onde tive a glória de participar da segunda turma. Estes alunos, autodidatas da Ortodontia, tornaram-se especialistas mais tarde, sendo que um deles, pelo menos, destacou-se extraordinariamente, tornando-se um dos grandes professores da Ortodontia brasileira: Prof. Décio Oliveira.

Esta escolinha ampliou-se e é ainda um esteio no aprimoramento da ortodontia para aqueles que, por razões diversas. iniciam ai seus conhecimentos, com relativa solidez. A escola Interlandi semeou tantos conhecimentos e anseias de aprender mais, que se mudou para um lugar adequado, mais cômodo, onde acontece uma vez ao ano, admitindo maior número de alunos. tomou o nome de “Arco de Canto” técnica primorosa dos anos 60...

Dentre Jairo, Interlandi e eu consolidou-se sólida e fraterna amizade, que acompanhada com grandes amigos do Rio (Newton de Castro) e de Porto Alegre e Buenos Aires, como Elgohyen, Roman Santini, Elio de Maria, expoentes e líderes da sabedoria ortodôntica Argentina, formamos o Grupo de Estudos AB (Argentina-Brasil) o qual foi um elo de intercâmbio entre estes dois países, reunindo-se periodicamente em diferentes lugares, trazendo e levando conhecimentos. 1º Encontro do Grupo de Estudos AB, realizado em Uruguaiana/RS

NOITE GLORIOSA DOS 50 ANOS DA SPO – NOVEMBRO 2009

Clique nas imagens para vê-las maiores

Igual à SPO, o abraço fraterno de 50 anos, consolidado no amor e nos mesmos ideais. Deus foi generoso comigo em me dar uma amizade tão sólida como a que temos Jairo e eu.

O Dr. Jairo Corrêa visivelmente emocionado, com a impecabilidade que lhe é peculiar, abre os trabalhos da Seção Solene da SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA, traçando um breve relato das realizações da SPO nestes 50 anos de existência. A seguir passa a palavra para o Dr. Dulio Mandela, Diretor Social da SPO.

O Dr. Dulio, tenor da mais alta competência, cantou o Hino Nacional encantando a todos os presentes.

A seguir Jairo passou a entregar o Troféu Comemorativo de 50 anos da SPO, para os agraciados.

Com emoção recebi o abraço do Jairo e a medalha comemorativa dos 50 anos da SPO.

Antônio Rego de Almeida, conhecemo-nos de maneira muito peculiar. Havia sido anunciado um curso, ditado por mim, sobre Cefalometria Radiográfica, 15 horas, na Faculdade de Odontologia de Porto Alegre, UFRGS, em 1966. De alguma maneira chegou aos ouvidos do Antônio que eu estaria ditando um curso sobre Tomografia Computadorizada... Nesta época, Antônio já estava antenado em TC. Pelo telefone me pedia detalhes. Expliquei-lhe o engano e minha ignorância em TC, e que o curso era simplesmente de Cefalometria com vistas na clínica. O tempo passou, os encontros sucederam-se e eu fiquei conhecendo Antônio, sem sombra de dúvidas um dos amigos mais sábios que tenho. Além de imensurável cultura científica é conhecedor profissional. Desde muitos anos estamos juntos em muitos congressos, além de que, com frequência falamos - às vezes mais de uma hora - no telefone. Antônio sempre tem algum assunto palpitante para comentar comigo, e suas sugestões e críticas são como maná caídos no meu deserto.

Prof. João Grimberg, Secretário Geral da SPO, consul honorário da Litonia, um dos baluartes que fortalece a SPO, Prof. Gerson Kohler e sua doce esposa Nilse, em alegre confraternização com Cléber.

Durante o coquetel que se seguiu a Cerimônica da entrega dos prêmios, pequenos telões, espalhados pela sala, silenciosamente, mas com belíssimo efeito, mostrou sequência de fotografias de algumas da múltiplas realizações da SPO nestes 50 aos.

Dentre estas, a composição da Mesa do 1º Simpósio de Informática na Ortodontia e Ortopedia Facial - idealizado por Jairo e presidido por Cléber - que aconteceu em outubro de 1992, tendo a participação do Presidente da SPO Jairo Corrêa, do saudoso Prof. Eros Petrelli, de Marcos Gribel e Guiovaldo Paiva.

Depois do coquetel, janta com Placidino e seu alegre sobrinho, que tomou a foto. Eu médio borrachinho... Placidino impecável como sempre.


Jantar no Maksoud Plaza Hotel. Na direita da mesa Lúcia, Antonio, Placidino e Cléber. Na esquerda Bruno Pato, filho do nosso querido e saudoso amigo José Marcio Pato; sua jovem esposa; a maravilhosa Lúcia e José Carlos Gaspar. Gaspar, Márcio e Antônio eram companheiros de fundação da ABUCO, assim, amigos de longa data.

NOTA: Esta história foi composta unicamente com as fotografias feitas com minha máquina e 4 fotos que me vendeu a fotógrafa que estava no acontecimento. Por favor, todos que tenham fotografias suas recebendo o troféu ou juntos com amigos, mandem para mim que serão inseridas neste arquivo.