TRANSCRITO DA REVISTA "ORTODONTIA", ÓRGÃO OFICIAL DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA - N 48 - Março/Abril, 1997.

NOVOS PROGRAMAS DE 1997

Cléber Bidegain Pereira, C.D.

Os programas nacionais, específicos para a ortodontia, vêm-se renovando periodicamente com novas e melhores versões. Isto é motivo de orgulho para nós da Odontologia, pois constata o elevado grau de desenvolvimento da informática em nosso pobre pais, onde as empresas privadas, em esforço sobre-humano, vêm conseguindo superar os obstáculos e dificuldades que há em seu redor. Faço esta observação, como uma homenagem a todos aqueles lutam pela odontologia e continuam produzindo o melhor, o que é uma grande façanha neste pais, onde a saúde é vilipendiada pelo governo. E aproveito a ocasião para ressaltar o trabalho de Sávio Capelozi, um dos primeiros empresários brasileiros a investir na informática na odontologia. Falando em novos programas genéricos, utilizados pela ortodontia, partimos daquela premissa básica de que não devemos investir em constantes mudanças, porém, devemos acompanhar o progresso e não estagnar no passado. Com esta idéia, já manifestada em outros escritos 1, 2 , sou favorável à mudança para Windows 95. Ele é a porta aberta para os novos programas. Quem não mudar, ficará trabalhando com programas já superados. Aqueles que iniciam não devem, positivamente, perder seu tempo aprendendo a navegar em um programa que desaparecerá muito em breve. É imperativo que sua partida seja no caminho certo: a maravilhosa estrada aberta com o Win 95. A grande maioria dos programas, quase de imediato, apresentaram novas versões que só rodam no Win 95. Estes programas são muito mais rápidos e oferecem incríveis e fascinantes ferramentas. Um exemplo marcante é o Netscape Navegator Golden 3, o qual possibilita a confecção de hopepages sem necessidade de programação, o próprio programa converte nossos comandos em linguagem adequada. Fazer e modificar uma homepage tornou-se tarefa ao alcance do usuário não especialista em informática. Agora, surgem os programas 1997. O Word 8, o Power Point 7, o Adob Photoshop 4, o Corel 7 e outros. Igual que em quase todas as mudanças, há o impacto de início, pelo menos assim acontece comigo. Não encontramos algumas das ferramentas da versão anterior, elas estão em outro lugar ou até mudaram de nome... Navegando, vamos redescobrindo os comandos anteriores e, como um viajante deslumbrado, deparamo-nos com novas e maravilhosas ferramentas, com os quais nem sonhávamos. O Word 8 e o Power Point 7 trazem mais efeitos de transição, variadas possibilidades de modificar as imagens e há, entre outras novidades, o WordArt, que dispensa a utilização de programas auxiliares para a composição artística de textos especiais. A grande novidade é que todos os programas de 1997 já vêm integrados com a Internet. O acesso é direto, sem dificuldades. No próprio texto do word criam-se "links" automatizados, sem necessitar passar para o editor da Internet. Os programas de utilidade específica, para a ortodontia, são renovados periodicamente, oferecendo expressivas vantagens que devem ser aproveitadas avidamente. Neste caso mudar sempre. Porém, referente a programas de utilidade genérica, voltando à premissa básica, não aconselho constantes mudanças. Realmente, uma versão nova exige estudos e, algumas vezes, muitas horas são gastas neste aprendizado. Para aqueles que fazem isto com prazer, como um hobby, será um deleite. Com o tempo, nota-se que há sempre uma sistemática similar e que cada vez é mais fácil descobrir as coisas navegando por si próprio. Com a vantagem de que, descobrindo nós mesmos os caminhos, eles não mais são esquecidos. De qualquer maneira, quem toma isto como um trabalho não pode mudar, com freqüência, a cada nova versão. Porém, todos aqueles que iniciam com um novo programa devem procurar a última versão. Nunca principiar com uma versão superada, na ilusão de que seja mais fácil. Não raramente, as versões avançadas são mais amigáveis, ainda que tenham maior número de ferramentas. Posso adiantar que não é aconselhável iniciar a navegar em um destes novos programas depois das 10 horas da noite. Corre-se o risco de ficar até às 2 da madrugada... sem vontade de parar.

Uruguaiana (RS), 2 de Março, 1997