TRANSCRITO DA REVISTA "ORTODONTIA", ÓRGÃO OFICIAL DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA - N 24 - Mar/Abr 1993



 

PLASTICIDADE ALVEOLAR


CLÉBER BIDEGAIN PEREIRA
 Sabe-se que a grande plasticidade do processo alveolar é terreno fértil para instalação de maloclusão, geradas por maus hábitos. No entanto, é importante ressaltar que, esta mesma plasticidade alveolar, também, é uma valiosa e maravilhosa aliada, capaz de compensar disrelações esqueléticas, quando não é perturbada por forças alheias à fisiologia natural.
Ilustro essa afirmativa com os cefalogramas, aqui apresentados, do caso 1381, o qual colhi no estudo longitudinal, sobre crescimento crânio facial, do Burlington Growth Centre, da Universidade de Toronto. A considerável disrelação esquelética, de origem genética, já se apresenta aos 6 anos, com um ângulo goníaco aberto de 140o, o qual aumentou aos 20 anos, passando para 143o . Mesmo assim, há uma excelente oclusão dentária. O processo alveolar, de maneira extraordinária, compensou o aumento da Dimensão Vertical (D.V.).
Mais cefalogramas e medidas clique em:

 
CASO 1381 - BURLINGTON GROWTH CENTRE
6 anos e 20 anos

 
 

A meditação sobre este caso leva às seguintes considerações:
1) Neste caso não houve interferência de forças estranhas, no período de crescimento, não foi quebrado o equilíbrio fisiológico e o osso alveolar compensou a Dimensão Vertical (D.V.) inferior aumentada. Certamente, não haveria este resultado, se houvesse mau hábito.
2) As disrelações esqueléticas, com aumento da D.V., propiciam, maior facilidade para a instalação de "mordida aberta anterior", devido a maus hábitos orais. E, quando isso ocorre, o problema se reveste de maior gravidade, sendo que, em algumas vezes, na idade adulta, só encontra solução na cirurgia ortognata.
    A conclusão, que se evidencia, é de que os maus hábitos orais, na infância, devem ser motivo de cuidados especiais. Cuidados redobrados deve haver naqueles casos em que há tendência genética de disrelações esqueléticas, com aumento da D.V.
 



NOTA:  Em nosso estudo nos crânios de Sambaqui também encontramos um caso com ângulo goníaco exageradamente aberto e boa oclusão dentária.

                                                  Mais informações do caso 1381

                                                 Para tabela com medidas

                                                         Dica para Traçados Cefalométricos em dentição decídua 

                                                   Plasticidade Alveoral - Crânios de Sambaquis

CASO CLINICO clique sobre a imagem








                       Outros trabalhos sobre Cefalometria