TRANSCRITO DA REVISTA "ORTODONTIA", ÓRGÃO OFICIAL DA SOCIEDADE PAULISTA DE ORTODONTIA - N. 49 / Maio/Junho, 1997.
Atualizado em 20/11/98 


SÉCULO DO CONHECIMENTO

Dr. Cléber Bidegain Pereira, C.D.

Falta poouco, muito pouco para o novo século, vislumbro o descortinar de novas auroras. Escuto e entendo, muito claramente, os filósofos e escritores contemporâneos, que nos dizem que o próximo século será a era do conhecimento. As facilidades dos meios de comunicação globalizam e disseminam a cultura, em difusão universal quase instantânea. Todo o conhecimento da humanidade, que iniciou e propagou-se timidamente com o homo faber, fabricando seus primeiros instrumentos de caça e trabalho, de repente passou a crescer vertiginosamente, agora duplicando-se, em quantidade, a cada dois anos. Esse acervo crescente obrigou o homem a tornar-se especialista e super especialista. Os profissionais e técnicos cada vez sabem mais de áreas mais restritas. No entanto, a informática, que entre outras coisas nos alcança informação precisa e atual, terá de ser do conhecimento comum de todos. Ela será necessária em todas as atividades humanas, somando-se aos conhecimentos que temos e ampliamos, a cada dia, dentro da especialidade. Será imprescindível conhecer e manipular computadores e programas. Poderemos deixar aos técnicos os consertos, algumas configurações especiais de programas e máquinas, tudo que não for do nosso cotidiano e não envolver criatividade pessoal. Mas, somos nós, somente nós que, com nossos conhecimentos, teremos de manejar e navegar na informática, buscando a informação na Internet, montanto demonstrações eletrônicas, atualizando nossa homepage e manipulando os programas específicos da ortodontia.
Da mesma forma como ontem montávamos os slides em carretéis para cursos, conferências ou demonstração aos pacientes, tarefa que só nós podíamos fazer, agora devemos saber como montar uma demonstração eletrônica, como ordenar e configurar, com efeitos especiais, as fotografias que desejamos mostrar. E assim também acontece com a nossa homepage - que já é um meio de comunicação fantástico e será muito mais - onde nós mesmos teremos de saber atualizar, adicionando novas informações e comunicações. Os programas computadorizados específicos de nossa especialidade serão incorporados aos nossos conhecimentos da mesma forma como usávamos, antes, a régua, o transferidor, a máquina de calcular, a máquina de escrever, etc., etc. Antes dos quase 900 dias chegarem, em contagem regressiva, ao ZERO, teremos de acumular conhecimentos de informática. Só assim encontraremos o caminho do porvir da nova era do conhecimento.