INTRODUÇÃO

Geralmente, os dentes supranumerários são descobertos acidentalmente,  a investigação com outros propósitos é quem revela suas presenças.
Assim, muitas vezes, não se tem informações anteriores que possibilitem a avaliação da evolução dos supranumerários. Quando eles apresentam os primeiros sinais ?  Há quanto tempo estão presentes ?  São perguntas que ficam sem respostas.
Não conhecendo a origem e evolução dos supranumerários que se apresentam, é difícil avaliar o que
acontecerá no futuro.
O caso relatado a seguir, ao contrário, foi investigado e tratado desde a dentição mista, revelando a evolução dos acontecimentos com clareza, permitindo que se avalie a gênese destes supranumerários.
 

O paciente, acompanhado desde a dentição mista, iniciou tratamento ortodôntico corretivo em setembro
de 2000.  As radiografias de 1996 e 2000, não apresentam nenhum sinal de supranumerário.
Ao concluir o tratamento ortodôntico,  em fevereiro de 2003,  constatou-se, com surpresa, a presença
de dentes supranumerários na região dos prémolares inferiores.  Houve preocupação em saber se as 
raízes dos prémolares permanentes tinham sofrido reabsorções e qual a pressa em fazer a cirurgia 
extraído os supranumerários. Isto conduziu a  avaliação com  TC,  resultado que novamente surpreendeu,   os supranumerários estavam por lingual, contrariando o esperado.

CONCLUSÕES

Constarou-se que,  neste caso, os supranumerários não apresentavam , absolutamente,  nenhum sinal de suas presenças 2 anos e 5 meses atrás. Toda sua evolução, radiografica constatáveis, aconteceu em redor de 2 anos.
Continua sendo difícil avaliar a evolução dos supranumerários. Porém, fica evidente que eles podem aparecer, radiograficamente, depois de 2 anos sem, antes, ter apresentado sinais de sua presença.

A Tomografia Computadorizada surpreende 

Outro caso de supranumerário por lingual