Apoio Projeto Rondon e Universidade Federal de Santa Maria

Autor: Dr. Cléber Bidegain Pereira, C.D.

Co-autores: Dr. Júlio Barrancos Mooney, C.D.; Dr. Astor Sérgio C. Riesinger

Estas fotografias foram tomadas no ano de 1971, quando os índios yanomami eram isolados e muito pouco aculturados.

Clique nas fotos para visualizá-las em maior resolução

As crianças, desde cedo, ajudam a cuidar dos irmãos menores. (Surucucu) O velho Tuchaua (chefe) Chico com sua mulher. (em Tototobi) Observa-se que a mulher é quem leva a carga pesada. O homem caminha na frente, com as flechas na mão e está livre e pronto para a defesa do casal.

Adolescente e jovem Yanomami. São evidentes as características morfológicas mongólicas. (Catrimani)

Da mesma maneira, são evidentes as características morfológicas nestas duas mulheres. (de Surucucu)

Índias Yanomami. Como "roupas", as mulheres usavam apenas uma "franja" em torno da cintura, feitas com casca de árvore. (de Catrimani)

Índios Yanomami. Sua "roupa" era apenas um fio amarrado na cintura e no prepúcio, levantando o pênis para cima. Quando desprendia-se a amarração do pênis, eles rapidamente amarravam novamente, escondendo-se um pouco, como se tivessem vergonha de mostrar o pênis para baixo, parecia que dessa forma sentiam-se "desvestidos...". (Catrimani)

Yanomami do Catrimani.

Yanomami do Catrimani. As flechas são as armas para defesa e caça. São envenenadas com curare. Os enfeites com penas de pássaros são de sua cultura. O chapéu de palha e o facão foram aculturamento recentes, levados pelos missionários.

Yanomami com enfeites de penas de tucano. (Catrimani)

Jovem guerreiro Yanomami com sua flecha, única arma de que dispunham na época. (Catrimani)

Yanomami do Catrimani, o Dr. Astor está atrás.

De uma maneira geral os Yanomami têm estatura baixa. O missionário que está com a índia não é de estatura alta. (Surucucu)

Mãe Yanomai com quatro filhas. Sua cara está pintada de preto indicando que é viuva recente. O marido morreu por uma mordida de cobra. De uma maneira geral, os filhos nascem de dois em dois anos. Dizem que tomam ervas anti-concepcionais. Amamentam até os 2 anos. (Tototobi)

Jovem mãe Yanomami com seu saudável filho. A amamentação é natural até os 2 anos. (Tototobi)

Jovem mãe amamentando seu filho. Segundo informações especializadas, está é a maneira correta de amamentar, com a criança na vertical.

Yanomami maduro e jovem Yanomami. Sendo que o jovem recentemente havia adquirido a posição de guerreiro, pois havia matado sua primeira onça. (Catriamni)

A pintura de todo o rosto e sinais no corpo é preparativo para a guerra ou para festas. Tanto a guerra quando as festas têm o mesmo sentido para eles. (Catrimani)

Os Yanomamis têm exelentes dentes. Somente as mãos e os dentes são usados para a alimentação. O jovem Yanomami está comento coquinhos, que colheu enquanto viajávamos pelo rio. Com facilidade seus dentes conseguiram matigá-los. Nós tentamos e não conseguimos... (Tototobi)

Na Missão Tototobi, examinamos os índios que vivem junto da Missão, e mais alguns que aí chegavam. Nota-se o macaquinho muito amigável. Os Yanomamis costumam ter animais domésticos, como macacos, araras, tucanos e papagaios. Se estão domesticados não os comem. (Tototobi)

Examinando índios Yanomami em Tototobi. O Dr. Astor Sérgio toma fotografias. O Dr. Astor toma modelos.

Examinávamos os índios onde os encontrávamos, fosse nas imediações das Missões ou em nossas viagens a pé pela selva amazônica. (Tototobi)

Na selva em Surucucu.

Chegando em Totobi no avião monomotor do Lee. (Asas para Socorro) Navegando no rio Tototobi, um afluente do rio Demini, em busca de agrupamentos de Yanomami.

Yanomami, apenas saindo da "idade da pedra", passou direto para o facão e conheceu o avião. Os Yanomamis não estão acostumados ao sol. Vivem dentro da floresta fechada, onde não entra o sol. Com a chegada do avião e a necessidade de abrir uma pista de pouso, as clareiras ficaram maiores e o sol castiga-lhes muito. O chapéu de palha é um aculturamento que chegou com os primeiros avanços culturais, levados pelos missionários. (Catrimani)

Examinando os Yanomami em plena selva amazônica. Tenho orgulho dessa fotografia, a qual ganhou o primeiro prêmio em concurso da Associação Paulista de Cirrugiões Dentistas (APCD). Foi capa da Revista da APCD. (Surucucu) O índio que está sendo examinado parece ter face semelhante a primitivos, como os aborígenes australianos. Na realidade somente este indivíduo apresentou estas características. Os Yanomami são homo-sapiens. No mesmo estágio de evolução física que nós.

Os três companheiros de pesquisa: Astor Sérgio, Astor e Cléber. Cléber tomando fotos. (Surucucu)

Grupo de índias Yanomami a espera de serem examinadas. Esta era a nossa "sala de espera"... (Tototobi)

Mais Fotografias de Índios Yanomami

Algumas Fotografias de Dentes de Yanomami

Algumas Indicações Bibliográficas

Livro Completo Sobre os Yanomami - Português e Inglês

Veja Mais Fotografias dos Yanomami

© Copyright Cléber Bidegain Pereira. Todos os direitos reservados.